Reabilitação Cognitiva

A Reabilitação Cognitiva tem como objetivo auxiliar pessoas com déficits cognitivos e alterações comportamentais na recuperação ou compensação das dificuldades, para um melhor funcionamento nas atividades de vida diária e consequentemente melhorar a qualidade de vida.

Quando é indicada?

A reabilitação cognitiva é indicada em quadros neurológicos, como doença de Alzheimer e outras demências, e em transtornos psiquiátricos, como transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), depressão recorrente, dependência química e outras compulsões. Esses pacientes podem ter benefícios com a reabilitação através de intervenções que lhes ofereçam capacidade de autonomia e independência funcional no maior nível possível.

Como funciona?

Os programas de reabilitação são individualizados e o tratamento consiste em treinar o paciente para desenvolver e aprimorar a capacidade de cognição e raciocínio, através de atividades e exercícios que estimulem sua motivação para a resolução de problemas.

Quanto tempo dura?

A duração do tratamento e a freqüência das sessões de reabilitação dependem da natureza e intensidade dos déficits apresentados pelo paciente.

EQUIPE SINTROPIA – Sidneia Peres de Freitas – neuropsicóloga